colaboradores

BERNARDO
18 anos, RJ
+ info

NARA
16 anos, SP
+ info

LUDEN
15 anos, SP
+ info

SAM
16 anos, SP
+ info

VITOR
18 anos, RJ
+ info

LIZ
15 anos, RJ
+ info

NAT
17 anos, SP
+ info

GABO
16 anos, SP
+ info


Previous Posts

a r q u i v o s

  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006
  • Julho 2006
  • Agosto 2006
  • Setembro 2006
  • Outubro 2006
  • Novembro 2006
  • Dezembro 2006
  • Janeiro 2007
  • Fevereiro 2007
  • Março 2007
  • Abril 2007
  • Maio 2007
  • Junho 2007
  • Julho 2007
  • Agosto 2007
  • Setembro 2007
  • Outubro 2007
  • Novembro 2007
  • Dezembro 2007
  • Janeiro 2008
  • Fevereiro 2008
  • Março 2008
  • Abril 2008
  • Agosto 2008
  • Setembro 2008

  • L    i    n    k    s

  • Google News
  • Rock Town Downloads!
  • ~Daia.no.Sakura
  • Young Hotel Foxtrot
  • É Rock And Roll, Baby
  • Musecology
  • O Resenhista
  • Dangerous Music No Orkut

  • B    U    S    C    A


    L i n k    U s




    c r e d i t o s

    Powered by Blogger
    Design by Nara

    sábado, julho 02, 2005
    Slipknot-Iowa



    Bom, cá estou eu para mais uma resenha. Como eu sou do contra eu vou postar uma coisa que muitos odeiam, mas eu gosto. A resenha de hoje é do álbum Iowa do Slipknot, um dos melhores álbuns do New Metal e um dos melhores da banda, pra não dizer o melhor.
    Nessa época o Slipknot não era muito conhecido, o que veio a deixá-lo famoso entre adolescentes foi o último álbum lançado a pouco tempo. Muitos repudiam o Slipknot, principalmente puristas. Nesse álbum o Slipknot está com mais peso, tendo pegadas de Thrash e um pouco só de Death. As letras na maior parte das faixas é de vingança, isolamento e coisas do tipo, algo que reflete a vida de jovens que chegam a se indentificar com as letras.
    Os componentes da banda são nove, Paul Gray no baixo, Shawn como percussionista, Chris Fehn também na percussão, Sid como DJ, Craig Jones no sampler, Mick e James Root na guitarra, Joey Jordison na bateria, e Corey Taylor no vocal. Bom, vamos a resenha.

    O álbum começa com uma introdução, a “música” 515, é só um monte de grunhidos estranhos. E então começa People=Shit, um dos sucessos da banda, um hit mesmo. Começa com um grande peso, tendo sincronia entre as guitarras e o DJ, que nesse caso não parece ser dispensável, ele apenas dá um clima na música, mas deixa bem legal. A letra é um pouco pesada, nada ao estilo Death Metal, mas é pesada, com palavrões e coisas do tipo. Uma boa música pra quem aprecia o estilo.

    Depois temos Disasterpiece que começa com a guitarra sozinha fazendo um riff que não é marcante nem nada, mas é bom, então entram os outros com a voz de Corey, a música não chega a ter muito peso e nem muita melodia, é uma boa faixa, porém, podia ser melhor, o que destaca na música, na minha opinião é a letra, não em todas as partes, mas na maioria, não é a melhor faixa do álbum e muito menos a melhor do Slipknot, mas vale a pena ouvir.

    My Plague começa com peso e com o vocal de Corey limpo, depois começa a rasgar deixando a faixa mais pesada, no refrão a música sofre uma mudança brutal, é adicionado de repente melodia em excesso e o vocal volta a ser limpo, a letra, de inicio é bem forte, expressando a raiva do(s) integrantes, que por sinal devem ter sofrido baixas na adolescência. No fim a letra também fica um pouco brutal. Uma das melhores músicas do álbum com certeza, que aliás é um clássico para os fãs.

    Essa faixa começa com um vocal limpo e já dando lugar ao refrão, é a música Everything Ends, é uma boa faixa, no refrão é colocada uma melodia meio, como posso dizer, crua, o vocal vai alternando de rasgado pra limpo e vice-versa. A letra não é muito pesada, o instrumental chega a ser pauleira como nas outras músicas.

    The Heretic Anthem é uma das melhores do álbum, alem de ter um refrão marcante possui uma letra muito foda. O vocal aqui é rasgado a faixa toda. É outro hit viciante pra quem gosta do New Metal que a banda faz. Também expressa muita raiva, muito boa para “acalmar” batendo em alguém que te enche o saco.

    Gently quase não tem vocal, Corey só começa a cantar depois da metade da música, a faixa parece ser um pouco “down”, com uma melodia pra baixo e raivosa. Uma hora a melodia fica mais rápida e agitada, mas ainda assim meio “raivosa”, a faixa é bem legal, vale a pena ser ouvida e reouvida e ouvida novamente.

    Left Behind começa com um peso bom, Corey começa cantando com o vocal rasgado e depois muda para o vocal limpo, parece até dois vocais alternando. O refrão é cantado com o vocal limpo e rasgado, eles alternam nisso também, tem um clima bem legal, que faz você viciar, é outro hit da banda, todos os fãs e até não fãs conhecem. Essa é uma das melhores do álbum também.

    A faixa seguinte é The Shape, começa com um riff baixo e entra um berro do vocal, e o peso da música aumenta e logo depois diminui, o vocal de Corey fica limpo e começa a cantar, o refrão é o ponto forte da música que faz você viciar e tal. O problema da musica, na minha opinião é o vocal que fica limpo na maior parte do tempo, e eu não curto muito isso.

    I Am Hated... Essa música tem uns vocais meio “hip-hop” mas é MUITO foda, a melhor do álbum em termos de letra, melodia, riffs, bateria e tudo mais. A letra logo no começo é boa demais e eu chego a me indentificar com ela. Fora também o peso da faixa que não deixa a desejar, com certeza é a mais foda do álbum todo, pra não dizer a melhor da banda.

    Skin Ticket é bem legal, de começo tem umas guitarras meio pesadas, mas nada demais, depois fica tudo calmo e o vocal de Corey começa a cantar com o vocal limpo, é uma música meio “psicopata” e estranha, tanto em letra quanto melodia, parece até que o vocal fala com você, então o vocal fica rasgado e o peso volta e continua assim até o fim da faixa. É outra faixa muito foda.

    Logo depois dela já vem New Abortion com um barulho tremendo e urros do vocal, e então começa a cantar, a música quase não tem melodia, só no refrão que a faixa pega um pouco e tal. O ponto forte da música é a letra, forte na medida certa e bem escrita.

    Metabolic parece um Thrash Metal, tá, não é bem Thrash Metal, mas lembra, pela melodia meio ausente e tal, se você gosta de Thrash acho que você gostará da musica, eu gosto, a letra como a maioria das antigas do Slipknot é de sofrimento e vingança. O que chega a estragar a música é uma parte em que o DJ chega e faz um “solinho”, pequeno mas ainda assim chato pra caralho.

    Tá, pode parecer estranho, mas essa, na minha opinião é a música mais chata do álbum, aliás, a única chata. Iowa começa com guitarras calminhas, parece que você está numa costa de praia, algo assim, o problema é que ela consegue ficar nisso por uns 3 minutos, ou seja, chega a ser um porre, a letra é bem elaborada(pelo menos isso), parece que um cara matou a namorada ou algo do tipo, e começa a conversar com o cadáver, pelo menos essa é a idéia que eu tenho. Depois a música fica mais pesada e o vocal parece que canta rastejando a voz, é até interessante, alias, ela tem 11 minutos de duração.


    Bom, pra quem aprecia New Metal esse é um ótimo Cd, alias, é o melhor do Slipknot na minha opinião, tendo melodia nas horas certas, e alternando vocal rasgado pra vocal limpo, é um trabalho bem legal que vale a pena ser ouvido, se você for um purista(não estou ofendendo) você provavelmente não vai gostar, mas não custa dar uma ouvida.

    É isso.

    Marcadores:

    posted by Sam at 4:15 PM

    6 Comments:

    Anonymous Anônimo disse:

    legal cara..muito bom o blog
    flow

    1:52 AM  
    Anonymous Anônimo disse:

    onde clico pra baxar???

    9:02 PM  
    Anonymous Anônimo disse:

    Olhe a Disasterpiece é a melhor só q perd o rendimento no meio mas volta com o peso depois!! mais pra mim é a melhor do album!! quando eu escuto eu piro nassa musica essa musica fala o que eu penso!!! muito foda!

    11:04 AM  
    Blogger QueenOfD.* disse:

    ola!! adorei o teu blog!!

    sou grande fa de new metal e fico bastante feliz por saber k ha + gente assim!!

    **

    7:37 PM  
    Blogger Vinicius disse:

    ai pra qem qer baixar

    http://search.4shared.com/network/search.jsp?searchName=iowa.rar&searchExtention=&searchmode=2


    vlw

    2:21 PM  
    Anonymous Anônimo disse:

    necessario verificar:)

    2:11 AM  

    Postar um comentário

    << Home

    _______________________________